They are hiring

O mercado de trabalho londrino é muito dinâmico. Extremamente.

Já comentamos em um post anterior a quantidade de placas que vemos em frente aos comércios com as vagas disponíveis.

Num domingo, em frente a uma grande loja de departamentos, havia uma funcionária do RH da empresa sentada em uma mesa chamando as pessoas que passavam para preencher fichas.

Algumas empresas dão prêmios (algo em torno de £100) àqueles que indicarem pessoal para trabalhar.

Tanto na escola em que trabalho, quanto no escritório do Rodrigo, há pessoas indo e vindo todos os meses.

handsome hipster modern man working home using laptop

Isso impressiona, assusta e nos faz refletir.

É sobre isso que queremos falar.

É muito mais difícil para um empregador encontrar um funcionário do que uma pessoa encontrar um emprego. Portanto, a maré está à nosso favor.

No geral os salários não são tão compensadores. Isso pode motivar esta alta rotatividade.

Leio muitas pessoas escrevendo no Facebook sobre a maravilhosa vida que elas têm aqui em Londres e eu chego a duas conclusões: ou o cara vivia MUITO mal no Brasil e aqui qualquer coisa tá bom ou não estamos falando sobre a mesma cidade.

money

Os salários são baixos sim, pensando que esta é uma cidade extremamente cara quando falamos em transporte ou moradia. E a grande maioria dos imigrantes precisa se submeter a dividir casas e quartos e comprometer ao menos metade da sua renda mensal.

Diferente do Brasil, aqui é você que paga seu transporte (salvo em raríssimos casos onde a empresa banca o custo do seu oyster). Portanto, quanto mais longe de casa você trabalha, mais os custos com transporte pesará em seu salário.

Na minha opinião a melhor sacada é trabalhar perto de casa. Os salários não variam muito e você ainda economiza no transporte. Portanto, ganhar £8 por hora perto da sua casa significa ganhar mais do que £8 em um lugar que você tenha que usar ônibus e metrô para chegar. Compreende?

Todas essas contas devem ser pensadas antes de você buscar um emprego.

calculating-return-on-investment-for-condo-units

Uma parte do quebra-cabeça que ainda não encontramos é a seguinte: se os empregadores estão sempre com falta de funcionários, por que eles não sanam este problema? Oferecendo maiores salários, por exemplo… Vemos muitos casos onde o empregador sabe “segurar” o funcionário com camaradagem, bons salários e recompensas ou reconhecimento. O funcionário vai pensar duas vezes antes de procurar outro emprego…

Para quem está chegando, isso é uma coisa muito boa: tem emprego. E muito. Em muitas áreas e bairros. Você logo consegue alguma coisa. Resta saber por quanto tempo você ficará até outra empresa te achar. E elas acham!

————

PS – O último mês foi uma correria danada porque justamente o Rodrigo estava mudando de emprego (de onte tiramos nossa inspiração pra este post) e por isso não atualizamos tanto o blog.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s